Skip to content

Uma crítica a infância de hoje

dezembro 25, 2010

Olá pessoal, tudo bem?

Então, eu prometi que não iria postar hoje, porém ao ver o Jornal Hoje a pouco, me chamou atenção e resolvi escrever algo hoje. A matéria que me prendeu foi a do homem que eu não sei bem certo se ele vende ou coleciona coisas ‘antigas’, na qual levaram duas crianças para brincar com os objetos que incluia ‘Tele jogo’, ‘Atari’ e outro que era uma espécie de Jogo da memória com sons. O fato é que as crianças mal sabiam usar os tais objetos e ainda a menina falou que tudo aquilo era algo ‘Pré-histórico’ com uma cara de ‘pouco caso’ por não conseguir manusear. Isso pode soar como um ar de revolta meu, mas as crianças de hoje em dia não tem uma infância saúdavel, pois julgam algo sem conhecer e eu me pergunto: ‘Será que essa menina sabe a definição correta da palavra Pré-histórico?’, bem, acredito que não pois ela empregou de maneira incorreta. E por aí vai a infância fazendo com que as crianças sejam cada vez mais consumistas e queiram brincar de adultos com brinquedos que de infantil não tem nada. Realmente, elas não sabem dar valor a simplicidade de um objeto. Lembro muito bem dias atrás que minha mãe comentou o quão difícil foi para ela comprar o Atari 2600 e sim, eu e os meus irmãos éramos felizes com pouco. Acredito que outras pessoas também eram. Mas enfim, fica a crítica e com ela pensarei muito na questão da educação dos meus futuros filhos.

Feliz Natal pessoal!

Obrigado pelas visitas e continuem mandando sugestões 😉

Beijos =*

Até

Obs.: Mais tarde, se achar, colocarei o vídeo da tal reportagem.

Anúncios
6 Comentários leave one →
  1. cleverson permalink
    dezembro 25, 2010 5:42 pm

    nossa me lembro das inumeras negociações que eu tive que fazer commeu pai pra conseguir um atari

  2. dezembro 25, 2010 8:14 pm

    Mas é isso mesmo Cleverson, hoje em dia as coisas são tão fáceis de conseguir, que as crianças tem tudo muito fácil, já na nossa época até um cartucho novo era difícil comprar.
    Obrigado pelo comentário
    Bjs =*

  3. dezembro 26, 2010 10:16 pm

    fico praticamente sem comentários, com os gráficos e tecnologias que o brasil possue e todo os outros países, que de uma forma ou de outra possuem o seus talentos. um video game que jamais irei esquecer, dos carrinhos bem quadradinhos e que eram gostoso de jogarem, ficava praticamente quase o dia todo. e muitos outros jogos que não esquecemos, mas ainda lembramos… . grato mais uma vez, e adorável lembrança.

  4. Sero permalink
    maio 27, 2011 1:11 pm

    Triste a infância de hoje. Essa juventude já vai se corrompendo desde a infância, tenho medo do que esperar quando atingirem a vida adulta, e seus filhos…

    Desde o finalzinho dos 90, já começou a ficar na moda “deixar de ser criança o mais rápido possível”. Garotos que jogavam bola na rua, brincavam de jogar pedra no rio pra ver quem taca mais longe, bolinha de gude… foram substituidos por crianças que já nascem com celular na mão, tem computadores potentes desde cedo, começam a “sair” com 10 anos… fico triste mesmo.

    Antes a gente usava tênis velho pra jogar bola, rasgava roupa brincando, se sujava com terra (e as velhas brincadeiras de “jogar areia” um no outro? auhuhauh sempre acabava mal), corria na rua que não era tão movimentada de carros, ficava feliz quando ganhava um real pra comprar doce no mercado, e não ligava pra “vaidade” nem essas coisas… tinha gente de até 15 anos brincando de esconde-esconde na maior inocência…

    Agora, e hoje em dia? Crianças desde cedo andam engomadinhas e impecáveis. Meninos que mal saíram da infância já querem exibir tênis de marca, camisas da moda e aparelhos caros. Garotas desde a infância usando roupas adultas em tamanho menor, sapato de salto e maquiagem. Crianças que tem gostos de adultos. Se falar que quer brincar de alguma coisa, é tachado de “crianção”, porque ser criança virou algo ruim. Ter algum tipo de mancha na roupa ou rasgado, ou furinho que seja, então, é inconcebível. Tem que usar roupas da moda, limpas e impecáveis, assim como os adultos.

    A inocência de antigamente está se perdendo numa velocidade assustadora… crianças cujos dedos só tocaram telas touch-screen, teclados de computador e coisas modernas… que não sabem o que era brincar de cavar na terra, pegar minhoca, pisar no rio, subir em árvore…

    Vivi toda a vida em cidade e pude viver tudo isso.

    • maio 27, 2011 2:21 pm

      Parabéns pelo seu comentário e infelizmente as coisas estão desse jeito.
      Eu própria confesso que deixei de pensar como criança aos 14/15 anos, porque antes era a maior inocência, assistia desenhos e até mesmo brincava de coisas tradicionais. Hoje em dia as crianças estão sendo condicionadas a ser adultos e o que importa para elas é ter um equipamento de última geração, a melhor roupa como você já havia citado. Acredito que elas deveriam dar valor as coisas mais simples da vida e os pais mostrarem como eram as coisas no passado.
      Meus pais desde que eu sou criança me mostram coisas da época deles que eu não conheci, mas que quando eu conheci simplesmente amei e até pretendo escrever aqui no blog, porque se enquadra sim como algo nostálgico.
      Isso aí é culpa da mídia, culpa do ambiente escolar e acima de tudo culpa dos pais que não tem mais tempo para seus filhos.
      Obrigado pelo comentário!
      Bjs =*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: